MINHA CONTA
Dedé Santana

Dedé Santana

Acting
Niterói, Rio de Janeiro, Brazil
Nascimento: 1936-04-29
Filho do palhaço Picolino (Oscar Santana) e da contorcionista Ondina Santana, Manfried Santana foi criado por uma família, que é descendente de ciganos, entre artistas de circo. Entrou no seu primeiro espetáculo circense apenas com três meses de vida. No picadeiro fez barra, trapézio, globo da morte e foi palhaço de matinê. É sobrinho do também comediante Colé Santana. Manfried formou, com o ator e irmão Dino Santana, uma dupla, Maloca e Bonitão. No filme Na Onda do Iê-iê-iê, de 1966, já na companhia de Renato Aragão, Dedé e Didi vão à delegacia para salvar o personagem César Silva, vivido pelo cantor Silvio César, que estava preso injustamente e tinha que sair da cadeia para participar de um festival, o guarda reconheceu Dedé perguntando: "Você não é o Maloca da televisão? Me conta uma piada!", então Dedé ficou entretendo o guarda para que Didi abrisse o cadeado da prisão para a fuga do personagem César Silva. Foi com Renato Aragão, que Manfried conheceu na Rede Excelsior, que iniciou o grupo de comediantes e humoristas que lhe viria a dar fama, Os Trapalhões. Como Dedé é de formação circense, ensinou muitas piruetas e movimentos de circo a Didi na época que eram uma dupla. Ao lado de Mussum, Didi e Zacarias e de diversos artistas do elenco da Globo como Roberto Guilherme, Tião Macalé e Carlos Kurt, Manfried participou de várias edições do Criança Esperança, de 1986 até 1996. Criado e estreado em 1986, foi ao ar exibido ao vivo direto do antigo Teatro Fênix, durante o especial que comemorou os 20 anos de "Os Trapalhões", em 28 de dezembro de 1986, na Rede Globo. Manfried também comemorou os 25 anos de "Os Trapalhões" com Mussum e os 30 anos de "Os Trapalhões" com Didi no Criança Esperança. Após sofrer com a perda dos amigos e parceiros Zacarias, falecido em 1990 e Mussum, falecido em 1994, em 1995, Dedé e Didi são contratados por um Canal de Televisão de Portugal e levam a magia trapalhônica ao velho continente com o programa "Os Trapalhões em Portugal". O programa ficou no ar por 4 anos, encerrando em 1998. Em 1999 Dedé foi escalado para ser um dos professores do programa humorístico Escolinha do Barulho da Rede Record. Em 2005, Dedé voltou à televisão com o programa "Dedé e o Comando Maluco", em associação com o empresário e comediante Beto Carrero, exibido pelo SBT. O programa chegou a ser exibido no mesmo horário do programa "A Turma do Didi". De acordo com o Ibope, o programa de Dedé no SBT chegou a vencer "A Turma do Didi". "Dedé e o Comando Maluco" foi cancelado após o falecimento de Beto Carrero, em fevereiro de 2008. Depois de ter ficado 14 anos afastado da Rede Globo e após diversas negociações, em junho de 2008, Manfried voltou a trabalhar com o atual parceiro Renato Aragão e o retorno deu-se no programa humorístico "A Turma do Didi", da Rede Globo, onde Dedé foi recebido com muita festa por toda a equipe do programa, com a música "No Mundo da Lua", de autoria de Michael Sullivan e Paulo Massadas. Dedé também voltou ao programa anual Criança Esperança da Rede Globo também no ano de 2008, ao lado dele, Renato Aragão, o Didi e do elenco de "A Turma do Didi", cantando as músicas "No Mundo da Lua" e "Um Cientista Maluco".
Filmes Participados